Abelardo Barbosa está com tudo e não está prosa!!!

Por Annie Wallker, 17/12/2014, às 16h32

     Já dizia nosso querido Chacrinha: quem não se comunica se trumbica! E  pra você não se trumbicar, aluno, servidor e professor do campus Nilópolis do IFRJ, fique esperto com essas Dicas da Brisa!!
Divulgação


     A Pró-reitoria de Extensão, em contato com a Secretaria de Estado de Cultura, está disponibilizando pares de ingressos para o espetáculo "Chacrinha, o musical". Se interessou, não foi?

Então presta atenção no que você precisa fazer:

Você precisa preencher o formulário de inscrição,
Serão aceitos formulários respondidos até as 17 horas de quarta-feira, 17/12/ 2014. 
Caso o número de interessados seja maior que o de ingressos, as inscrições serão sorteadas. 
A lista de contemplados com um par de ingressos será enviada através do e-mail informado pelo formulário até as 18 h de 17 de dezembro de 2014.

Os ingressos são para sexta-feira, dia 19 de dezembro de 2014 às 20 horas.

Informações sobre o espetáculo:

CHACRINHA, O MUSICAL
Local:
Teatro João CaetanoPraça Tiradentes s/nº - Centro Autoria:
Pedro Bial e Rodrigo Nogueira / Coreografia e Direção de Movimento: Alonso Barros


Direção:

Andrucha Waddington / Direção Musical: Delia Fischer


Elenco:

Stepan Nercessian, Leo Bahia, Beto Vandesteen, Chris Penna, Diego Campagnoli, Erika Riba, Gabriel Leone, Laura Carolinah, Leilane Telles, Livia Dabarian, Luiza Lapa, Mariana Gallindo, Mateus Ribeiro, Milton Filho, Patrick Amstalden, Paula Sandroni, Paulo de mello, Pedro Henrique Lopes, Renan Mattos, Saulo Rodrigues, Stephanie Serrat e Tadeu Freitas


Sinopse:

Com texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, direção de Andrucha Waddington, direção musical de Delia Fischer e cenografia de Gringo Cardia, remetendo desde às origens de Abelardo, em Pernambuco, ao lendário Cassino do Chacrinha, o espetáculo homenageia o Velho Guerreiro. A superprodução da Aventura Entretenimento é protagonizada por Stepan Nercessian e Leo Bahia, que vivem o apresentador em fases distintas. A trilha sonora reúne mais de 60 sucessos da música nacional. Roda roda roda e avisa!


Classificação Indicativa: Livre
Mais informações sobre o espetáculo clique aqui. 

Em caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail: cultural@ifrj.edu.br.



CRONOGRAMA
15/12/2014
segunda-feira

Início das Inscrições
17/12/2014
quarta-feira
até as 17 horas
Término das Inscrições
17/12/2014
quarta-feira
até as 18 horas
Sorteio e Divulgação dos Contemplados
17/12/2014
quarta-feira
até as 19 horas
Envio de email com Orientações aos Contemplados


0 comentários:

Contos e crônicas para ler sempre

Por Bárbara Santos, 15/12/2014, às 17h31

Fonte: Editora Objetiva
          Contos e crônicas para ler na escola (Objetiva, 2009) é para ler na biblioteca, em casa ou em qualquer lugar. Ótima opção para leitores dados às pequenas (e surreais) aventuras do cotidiano. 

     No melhor estilo "baiano-carioca" de João Ubaldo Ribeiro, seu sotaque literário está no humor simples do corriqueiro e vulgar, como em “Dialogando com o público leitor”, crônica em que aborda a imagem do escritor célebre e ao mesmo tempo inacessível ao seu leitor mais cativo (e oportunista...). Irônico e sarcástico na medida, João Ubaldo compartilha questões familiares universais, como a sexualidade dos adolescentes em “A formação do jovem”, com perguntas que “arrupeiam”! 

     Como se vê, ou melhor, como se lê, o escritor nos oferece um bom tempero baiano a qualquer hora e refeição. Experimente “Aventuras naturais” em Contos e crônicas para ler na escola na Biblioteca Carlos Alberto Barbosa. Anota aí: 821.134.3(81) - 34 R484c.
              Sétimo ocupante da Cadeira no 34 da Academia Brasileira de Letras desde 1993, João Ubaldo nos deixou em julho de 2014. Porém, não sem um projeto, uma série de textos sobre a boemia carioca: Noites lebloninas, lançada com selo Alfaguara em novembro deste ano. Da obra o escritor terminou apenas dois dos contos, cujo narrador é um porteiro do Baixo Leblon que tudo vê e tudo escuta. Ficou curioso? No site da Objetiva você pode ler algumas páginas do livro em PDF. Clique aqui para acessar a página.

FONTE:
http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=702&sid=319
http://www.objetiva.com.br/livro_ficha.php?id=1487

0 comentários:

VII Parada da Cultura

Por Brisa Literária, 04/12/2014, às 23h17


     Hoje temos dica cultural do nosso campus para essa Sexta:  nossa tradicional Parada da Cultura, já em sua sétima edição. Sempre organizada pelos alunos do Curso de Produção Cultural, o evento acontece em homenagem ao Dia da Cultura. Saiba mais na página do evento no facebook.

Acompanhe a programação:

10:00 - Abertura/Concentração
10:30 - Cortejo/Batucada dos alunos do IF
12:00 - Oficina de Jongo - Cia Fuzuê de Aruanda
13:30 - Música e Expressão Corporal: Música Popular Afro-brasileira
14:10 - Apresentação da Cia de Teatro Completamente Solta
15:00 - Poesia com Márcio Rufino
15:30 - Esquetes Teatrais (A Revolta do Feijão e Ivana Roselita)
16:30 - Palco Aberto de Poesia
17:00 - Cine Afro
18:00 - Palco Livre para bandas do IF
20:00 - Apresentação Nyl MC
Sussuros Poéticos Afro - Durante todo o dia


0 comentários:

Hoje é dia de samba, bebê!!

      Por Brisa Literária, 02/12/2014, às 18h15

     Hoje é o Dia Nacional do Samba!! O dia do samba começou em homenagem ao sambista Ary Barroso, que, apesar de ter composto "Na baixada do Sapateiro", nunca tinha ido a Salvador. Dia 2 de dezembro foi o dia em que Ary foi a Salvador pela primeira vez e assim começou a comemoração do dia do samba. Hoje a festa se espalhou por todo o Brasil  tornando o dia de hoje o Dia Nacional do Samba.

     A festa no Rio fica por conta do Trem do Samba, que, nesse ano, será realizado no próximo sábado dia 6 de dezembro, com blocos, grupos e sambistas nos vagões da Supervia. Confira a Programação.

     E como o Brisa Literária não poderia ficar de fora dessa festa, vamos comemorar o dia do samba com boas leituras sobre o ritmo brasileiro que é um dos principais componentes da nossa identidade nacional.







     Nossas Brisas indicam hoje dois títulos: "O Samba é meu dom", uma narrativa em imagens e escritos da história do Samba. Com texto de Andreia Ribeiro Alves e fotografia  de Silvana Marques o livro se encontra na nossa biblioteca para consulta na localização: 784.4 A474s.





     E como no Brasil até o que surge aqui mesmo se mistura e se transforma, o samba também passa por esse processo de mestiçagem no livro "Bailes: Soul, Samba-rock, Hip Hop e identidade em São Paulo", que fala não só sobre o samba, mas sobre os ritmos que embalam a cidade de São Paulo. Organizado por Márcio Barbosa e Esmeralda Ribeiro. Você pode encontrá-lo em nossas prateleiras  na localização : 793.38(81) B154. 

Fonte: Academia do Samba
Te esperamos por na Biblioteca Prof. Carlos Alberto Barbosa!!!

0 comentários:

Comentários